sexta-feira

não há palavras


"Há coisas que nunca se poderão explicar por palavras" 
  José Saramago

E o meu grande amor por ti é uma dessas tal coisas, foi talvez  e ainda seja demasiado forte e ele não serviu de nada, NADA mesmo, serviu apenas para umas pequeninas gotas de água terem escorrido pela minha cara, para os meus dias passarem a cinzento, para a vontade de viver acabar e para a solidão e a amargura se apoderarem de mim (...)

6 comentários:

Alguém... disse...

Os teus textos é que são lindos :D
Revejo-me em muitos deles *

Raa º disse...

Obrigada , espero que as tuas também :)

Du disse...

desafio no meu blog :')

Alguém... disse...

Selinho para ti querida*

Maggie Blueeyes disse...

entao, entao?
Para de ficar triste e poe um sorriso na cara! fica com as boas recordações e esqece as más...

(In)definida. disse...

Se esse amor não te traz felicidade nenhuma, pega nele e tenta largá-lo num local onde ele não te fira mais, onde o possa realmente esquecer meu amor *
Mais que ninguém, mereces ser feliz !
AMOOO-TE MUITO ! (L)